Como um RH Ágil pode transformar o modo como as empresas contratam e crescem

Leitura 2 minutos

Desde o ano de 2001, quando se iniciou a disseminação das metodologias ágeis principalmente para a área de tecnologia e de inovação, muita coisa aconteceu. Ser ágil deixou de ser prerrogativa das empresas de tecnologia e outras áreas e atividades também intensificaram esforços em direção a esse mindset.

Nesse caminho, as áreas de Recursos Humanos (RH) ou Gestão de Pessoas (GP) são as clientes mais recentes. Para sua própria sobrevivência e para agregar valor a negócios, principalmente de empresas de tecnologia, foi necessário que se adequassem a essa nova realidade. A adoção de um mindset ágil tem transformado o modo como as empresas contratam, crescem e administram pessoas.

Algumas características de um RH Ágil:

– está atento às mudanças on the job;
– mantém o foco na experiência do cliente;
– atua simultaneamente em metas de curto e longo prazo;
– traz leveza e praticidade às ferramentas de gestão de pessoas.

Em outras palavras , é preciso deixar de:

– atuar apenas sob demanda;
– planejar para depois agir;
– criar estruturas fechadas;
– ser um departamento de apoio.

Agilidade e inovação para empresas de todos os segmentos, não só de tecnologia. Fotos: Unsplash

Em Santa Catarina já vemos movimentos nessa direção, principalmente em empresas com atuação em tecnologia. Mas vale lembrar que a adoção do mindset ágil agrega muito valor em todos os segmentos. O líder de pessoas é o principal agente de transformação desse modelo, pois na medida em que está mais preparado para lidar com as questões relacionadas a “pessoas”, consegue aplicar métodos mais simples e efetivos, online, e não offline.

Por um RH ágil, vamos lá?

Por Thaís Cristine Farsen, psicóloga, professora na área de Psicologia das Organizações e do Trabalho e Consultora da Light Source